domingo, 24 de abril de 2016

The Color Run

Cheguei há pouco a casa, vindo de uma corrida de 8 quilómetros à volta do Lacul Morii, o maior lago de București (à volta é como quem diz, andei meio perdido e cheguei quase a Chiajna). E isto lembrou-me da corrida anterior a esta: a Color Run, no passado sábado.




Sim, um pouco por influência de uma amiga de quem gosto muito, inscrevi-me nesta prova, que consiste basicamente em correr pelas ruas e, de vez em quando, ir levando com tintas em pó pela cabeça abaixo. Um evento no qual, em circunstâncias normais, não participaria, mas que acabou por se tornar numa das melhores experiências que já vivi nesta cidade. Foi tão bom que, no final da corrida de 5 quilómetros, a minha amiga disse, meio a brincar e meio a sério, que seria giro fazer o percurso outra vez, já todos pintados e com a medalha de participação ao pescoço. Também achei que sim, e lá fomos. Agora tenho duas medalhas de participação penduradas na sala.

No final houve um banho de tinta coletivo na Piata Constituției, com o Parlamento em pano de fundo (foto gamada da página oficial do evento)

Entretanto, estou à espera de saber se a empresa em que trabalho se disponibiliza a patrocinar, novamente, a minha participação numa meia-maratona. Se sim, dia 15 de maio estarei a correr 21 quilómetros pelas ruas de București, com o objetivo de melhorar o modesto tempo de 2 horas e 49 minutos da última corrida. Em caso negativo, talvez vá na mesma, mas ficarei 160 lei (36 euros) mais pobre.

Sem comentários: